dezembro 10, 2015 Juliana Pritsch

transpirar é normal… mas não deixe que as ‘marcas’ comprometam a sua imagem

não adianta… o problema é comum… e pode, sim, comprometer a sua imagem… no momento em que acontece ou, em oportunidade diversa, por conta dos danos que causa nas roupas, deixando marcas, em alguns casos, irrecuperáveis…

a transpiração excessiva [seja qual for o fator desencadeador], na maioria dos casos [aliada ao desodorante], umedece e impregna as roupas, manchando-as e, por vezes, deixando um odor desagradável [principalmente nas peças de tecidos sintéticos].

e, com os dias quentes chegando, essa perturbação se agrava mais ainda…

ninguém se sente bem com a axila encharcada, e muito menos essa condição é agradável aos olhos de quem a vê ou percebe as manchas e cheiro deixados numa peça que não teve a devida atenção [em termos de limpeza] após o seu uso.

e, nem sempre os produtos disponíveis para ‘resolver’ esse dilema são eficazes a ponto de exterminar os vestígios deixados.

muitas são as ‘receitas caseiras’…  e, por que não recorrer às ‘antigas’ soluções para resolver o assunto???

as administradoras do lar sabem muito bem do que estou falando, e a expert nenzinha machado salles [autora da obra ‘sebastiana quebra-galho’], traz dicas [devidamente comprovadas por testagens] passíveis de serem postas em prática no ‘mundo moderno’, com um mínimo de dedicação [sua ou da sua secretária – afinal não adianta exigir solução sem compartilhar conhecimento – ainda mais quando é muito mais prático por as roupas na máquina [mas não resolver o problema]].

[ainda que se refira especificamente às peças brancas] se as manchas forem leves, a aplicação de sabão no local [com a peça seca] resolve esse embaraço, bastando deixar agir por alguns minutos e depois lavar a peça normalmente. mas, se elas forem maiores, além desse processo, sugere expor a região manchada ao sol antes de lavar. e, caso sejam mais antigas, uma pasta, feita com a mistura de sabonete, bórax [borato de sódio, pó 100% ecológico, que pode ser adquirido em farmácias de manipulação] e água, aplicada e esfregada na região, sol e lavagem, prometem ser a solução.

 

e, se as roupas forem de malha ou lã, orienta despejar sobre a mancha água fervente com um pouco de amoníaco, deixar agir e depois lavar normalmente.

já, para eliminar o cheiro do suor, salles indica a aplicação de desinfetante [sem componentes agressivos] na região [com a peça seca e em qualquer tipo de tecido], deixando agir por cerca de uma hora, lavando-se em seguida.

vamos tentar???

alguém tem alguma outra dica experta???

compartilha com a gente???

ahhh… depois me contem os resultados!!!

Tagged: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Receba dicas no seu e-mail

Informe seu nome e e-mail logo abaixo e mantenha-se informado sobre as nossas publicações e receba dicas de imagem e moda.

Suas informações não serão compartilhadas e nem serão usadas sem a sua prévia autorização.